Translate...

Sobre você...

Sign by Danasoft - Get Your Free Sign

Chute o Lula

segunda-feira, 23 de março de 2009

Equador mete o nariz na questão de Itaipu binacional...


Poderoso parceiro comercial brasileiro, o Equador, cruzamento de “nada com coisa nenhuma”, representado por seu presidente, resolveu nessa viagem ao Paraguai, cruzamento de “coisa nenhuma com nada”, dar pitaco na questão de Itaipu... Rafael Correa acha que Lula é sensível à revisão do acordo energético entre os dois países... Virou moda nossos “parceiros socialistas” darem opinião sobre assuntos que não lhes dizem respeito... Socialismo é isso!... O país e o povo entram com a bunda, e nossos parceiros menos favorecidos com a mão...
Tutelar os incompetentes é o novo mote.
Sob a administração de Lugo, o Paraguai iniciou uma ofensiva para alterar o preço da energia de Itaipu paga pelo Brasil, estipulado no tratado vigente até 2023, considerado muito inferior ao do mercado... Só para lembrar: O Paraguai não entrou com dinheiro na construção de Itaipu... A construção da usina foi bancada pelo Brasil, e o pólo sul-americano da muamba e do carro roubado, pagaria ao Brasil em fornecimento de energia elétrica a baixo custo... Se colocássemos na ponta do lápis quanto custaria construir uma Itaipu nos dias de hoje, ainda assim o Paraguai não teria dinheiro para isso.
"Creio que o Paraguai tem todo o direito de solicitar a revisão destes contratos. Nunca toquei neste assunto com o presidente Lula e creio que ele é muito aberto a todas as revisões", disse Correa em uma coletiva de imprensa em Assunção.
"Além disso, com base no que aconteceu no Equador, creio que houve certo exagero por parte do governo brasileiro (...) creio que baseado nesta experiência, as conversas com o Paraguai serão levadas da melhor maneira", acrescentou o presidente.
Não existe “melhor maneira”.
Só existe uma maneira: A certa.
Cumprir os contratos!
Nada pior para o continente que não respeitar contratos... Insegurança jurídica afasta os possíveis parceiros comerciais e todos perderão.
Em termos de corrupção, o Paraguai é o Afeganistão regional, e se querem melhorar suas condições sócias econômicas, que comecem produzir algo além de maconha e de legalizar carros roubados.

2 comentários:

Jurema Cappelletti disse...

Deixando de lado as idéias do presidente do Equador, porque como você disse é 'nada com coisa nenhuma', a mania de dar opinião sobre assuntos que não lhes dizem respeito é característica dos “parceiros socialistas”, que adoram dar aulas aos outros presidentes . Não acredito que seja mera coincidência.

O Jornalista disse...

Cara concordo contigo. Muito se fala dos nossos vizinhos sul-americanos, mas ele não tenha relavância seja economica seja populacional. Eles estão sim em segundo plano para o Brasil e em quinto para o mundo.

Daniel Barreto
papodepolitica@ymail.com
http://papodepolitica.blogspot.com

se lhe interessar tenho um blog de Política e relações internacionais

Abs