Translate...

Sobre você...

Sign by Danasoft - Get Your Free Sign

Chute o Lula

terça-feira, 8 de julho de 2008

Censura na internet... Cuidado com Eduardo Azeredo!

Um projeto de Lei do Senado brasileiro quer bloquear as práticas criativas e atacar a Internet, enrijecendo todas as convenções do direito autoral... O Substitutivo do Senador Eduardo Azeredo quer bloquear o uso de redes P2P, quer liquidar com o avanço das redes de conexão abertas (Wi-Fi) e quer exigir que todos os provedores de acesso à Internet se tornem delatores de seus usuários, colocando cada um como provável criminoso. É o reino da suspeita, do medo e da quebra da neutralidade da rede. Caso o projeto Substitutivo do Senador Azeredo seja aprovado, dezenas de atividades criativas serão consideradas criminosas pelo artigo 285-B do projeto em questão. Esse projeto é uma séria ameaça à diversidade da rede, às possibilidades recombinantes, além de instaurar o medo e a vigilância. Se, como diz o projeto de lei, é crime "obter ou transferir dado ou informação disponível em rede de computadores, dispositivo de comunicação ou sistema informatizado, sem autorização ou em desconformidade à autorização, do legítimo titular, quando exigida", não podemos mais fazer nada na rede. O simples ato de acessar um site já seria um crime por "cópia sem pedir autorização" na memória "viva" (RAM) temporária do computador. Deveríamos considerar todos os browsers ilegais por criarem caches de páginas sem pedir autorização, e sem mesmo avisar aos mais comuns dos usuários que eles estão copiando. Citar um trecho de uma matéria de um jornal ou outra publicação on-line em um blog, também seria crime. O projeto, se aprovado, colocaria a prática do "blogging" na ilegalidade, bem como as máquinas de busca, já que elas copiam trechos de sites e blogs sem pedir autorização de ninguém! Se formos aplicar uma lei como essa as universidades, teríamos que considerar a ciência como uma atividade criminosa já que ela progride ao "transferir dado ou informação disponível em rede de computadores, dispositivo de comunicação ou sistema informatizado", "sem pedir a autorização dos autores" (citamos, mas não pedimos autorização aos autores para citá-los). Se levarmos o projeto de lei a sério, devemos nos perguntar como poderíamos pensar, criar e difundir conhecimento sem sermos criminosos.
Para ler esta matéria na íntegra, acesse:

http://brasilacimadetudo.lpchat.com/index.php?option=com_content&task=view&id=4836&Itemid=141

Vamos assinar a divulgar PETITIONONLINE/VETO2008 contra esta barbaridade:http://www.petitiononline.com/veto2008/petition.html

Agradeço a amiga Regina da FL, pela sugestão desta matéria.

Um comentário:

Donizete disse...

Olá amigo conf. mensagem no Dihitt estou aceitando parceria em 4 blogs:

http://pescacomigo.blogspot.com
http://imigrantes.blogspot.com
http://anjodeduascaras.blogspot.com
http://agricolaepecuaria.blogspot.com

Já levei seu link, até mais...