Translate...

Sobre você...

Sign by Danasoft - Get Your Free Sign

Chute o Lula

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

LHC - Parte 2 - Começa a maior epopéia da humanidade...



O LHC (Grande Colisor de Hádrons) começou a manipular e acelerar prótons hoje, mas os primeiros resultados que a comunidade científica espera só deverão vir em 2009... No memento, o que foi feito foi dar a “partida” no feixe de prótons, que deve ainda levar algumas semanas para alcançar a velocidade da luz – aproximadamente 300 mil quilômetros por segundo – onde então, os cientistas decidirão por alterar a rota percorrida pelos feixes de prótons para então provocar sua colisão.
Isso demanda tempo, pois não é como ligar algo na tomada de casa, e para que se tenha idéia, só para resfriar os dutos que estão sendo percorridos pelos feixes, demorou dois meses.
Isso é necessário para que os magnetos supercondutores possam operar corretamente, sendo que isso só é possível em baixíssimas temperaturas.
O momento da colisão é o que tem tirado o sono de uma imensa parte dos habitantes do planeta, onde me incluo, mesmo sendo alguém que ama a ciência... Tanto as previsões alarmistas, como possíveis resultados positivos, são mera especulação, pois não se tem idéia do que poderá acontecer... Só existem teorias não comprovadas, tanto de um lado, como de outro... Cientistas afirmam que buracos negros são criados em grande escala no cosmo, e nem por isso o universo foi tragado.
O que se tenta reproduzir é o momento do “Big-Bang”, a explosão que teria dado início ao universo, ou como alguns preferem afirmar, à “Centelha Divina”... Não será a primeira vez que a humanidade tenta brincar de Deus... Mas é a primeira vez que se testará um engenho cujos resultados não podem ser classificados como 100% seguros.
É esperar para ver.
Fonte: G1/Ciência.

4 comentários:

vimaguin disse...

...boa tarde meu mininu lindo!! assunto preocupante, e que só resta a simples alternativa ao alcance de todos: ORARMOS a Deus, pedindo-Lhe desculpas por aqueles que se julgam como tal...bjus procê!

Quase Trinta disse...

Acabei de ler sobre isso em outro blog...
REalmente é de se preocupar.

vimaguin disse...

...é, parece que quando a ignorância aumenta dramaticamente em uma civilização, os
homens "coroam" essa escalada crendo serem eles mesmos -
Deus(es)...
Robert Oppenheim (o pai da bomba atômica americana) também pensou ter adquirido o poder de destruir mundos...mas só o que conseguiu, efetivamente, foi destruir duas cidades, a vida de centenas de milhares de pessoas - além de antecipar, em muito, o fim de sua própria existência...por se julgar imune ao poder destrutivo da arma que acabara de criar, Oppenheim se expôs à sua malignidade - a radioatividade - logo após a deflagração da primeira bomba, que foi lançada de modo experimental num deserto dos EUA...a fotografia dele, com apenas os sapatos "protegidos" por algo que mais parecia essas toucas para banho que muitas mulheres usam, é simplesmente inacreditável, hoje que sabemos o quanto letal se transforma o ambiente após a explosão de uma bomba atômica...
ele ficou a poucos centímetros do ponto zero da explosão...terminou morrendo de câncer - precisamente como centenas de milhares de suas vítimas no Japão...
castigo dos céus? não! apenas colheu o fruto que ele mesmo semeou...ou seja, a lei de Deus é sempre perfeita e é extremamente eficaz, mesmo quando os homens pensam que se transformaram em "deuses", "senhores da vida
e da morte"...
aliás, é muito fácil ser senhor
da morte, da destruição...mas seriam esses pretenciosos senhores da ciência capazes de restaurar
a visão, os perfeitos movimentos perdidos, a vida? bjuss mininu!

Anônimo disse...

A raça humana insiste em uma teoria de Deus, desde os primórdios o homem tenta dar nome ao que não consegue explicar, porem a ciência busca a resposta. Criticamos diversas criações feitas pelo homem, só que não percebemos que a partir delas, por piores que sejam, fazem do nosso mundo algo melhor para viver hoje ou no amanhecer que vira.
A ciência por muitas vezes criou o milagre para salvar o mundo e por muitas vezes o homem patenteou o milagre como de Deus. Será que um dia quando bombas atômicas desviarem um meteoro para não se chocar com a terra ainda vamos ter a ignorância de dizer que foi Deus que nos salvou ou dizer obrigado a Robert Oppenheim quem a criou.